terça-feira, 31 de maio de 2011

Os órgãos de uma planta


Em biologia, um órgão  é um grupo de tecidos que formam uma função específica ou grupo de funções. Usualmente existem tecidos "principais" e "esporádicos". O tecido principal é um aquele que é único para um órgão específico. Por exemplo, o tecido principal no coração é o miocárdio, enquanto os esporádicos são os nervossanguetecido conjuntivo, etc.
Em botânica e zoologia - principalmente na anatomia, um órgão é um conjunto de tecidos que evoluíram para executar determinada função vital. Alguns órgãos comuns aos vertebrados são o coração, o cérebro, o estômago, etc. Nas plantas "superiores", os órgãos principais são a raiz, o caule, as folhas, as flores e os frutos.
Um conjunto de órgãos com funções relacionadas chama-se um sistema. Por exemplo, o sistema respiratório dos animais ou o sistema radicular das plantas vasculares.




TAMBÉM....


Os órgãos das plantas podem se dividir e vegetativo e reprodutivo. Os órgãos vegetativos das plantas são raiz, caule e folha, enquanto os reprodutivos são a florsemente e fruta.
Os órgãos vegetativos são essenciais para manter a vida de uma planta (eles formam as funções vitais, como a fotossíntese), enquanto os reprodutivos são essenciais na reprodução. Mas, se existe reprodução vegetativa assexual, os órgãos vegetativos são aqueles que criam a nova geração de plantas (ver colônia clonal).


SISTEMAS ORGÂNICOS

Um grupo de órgãos relacionados compõe um sistema orgânico. Órgãos possuindo um sistema podem ser relacionados em inúmeras formas, mas funções relacionadas são na maioria comumente usadas. Por exemplo o sistema urinário compreende órgãos que trabalham juntos para produzir, guardar e transportar a urina.
As funções dos sistemas orgânicos muitas vezes compartilham significantes justa posições. Por exemplo, os sistemas nervoso e endócrino operam através de uma partilha de ambos os órgãos, o hipotálamo. Por esta razão, os dois sistemas são combinados e estudados como o sistema neuroendócrino. O mesmo é verdade para o Sistema musculoesquelético, que envolve a relação entre o sistema muscular e o sistema esquelético.



*AS PARTES DA PLANTA E SUAS DEFINIÇÕES


Raiz 

Esta é a parte responsável pela alimentação. É através da raiz que a planta absorve água, sais minerais e conduz matéria orgânica até o caule. Ela funciona também como “dispensa”, guardando reservas de nutrientes. As raízes podem ser subterrâneas (sob o solo), aquáticas (submersas na água)ou aéreas(nem na terra, nem dentro da água).

Caule 

É a espinha dorsal da planta, mantendo-a ereta. O caule tem várias denominações. Nas árvores, chama-se tronco; haste nas plantas rasteiras e tenras; estipe, nos coqueiros e palmeiras; e colmo, quando dividido em nós e entre-nós. O caule pode, ainda, ser chamado estolão, nas suculentas e trepadeiras e, quando modificado, é conhecido por rizoma, bulbo, gavinha ou espinho.

Folhas 

As folhas são responsáveis pela fotossíntese, respiração e transpiração, funções primordiais de um ser vivo do reino vegetal. Geralmente são constituídas de lâminas e pecíolo (cabinho que a une ao caule), e apresentam-se de várias formas; lineares, oblíquas, lanceoladas, etc. Uma folha pode ainda ser simples (só uma lâmina) ou composta. A distribuição no caule é normalmente, alternada, composta ou verticulada. Em alguns casos suprindo a planta, até que ela consiga produzir seu próprio alimento, ou servindo como proteção (assume a forma de espinhos), a folha para bem cumprir sua função deve estar viçosa, limpa e bem nutrida.

Flor 

Quando uma flor desabrocha significa que está pronta para reproduzir-se. Com a parte masculina (estames) e a feminina (pistilo ou estigma e ovário) perfeitamente estruturadas, os agentes da natureza conseguem depositar o pólen no estigma fecundando óvulo e ovários. Quando uma planta “dá flor”, está em sua fase mais crítica, pois direciona toda a energia à esta atividade.

Fruto 

É o ovário fecundado que incumbe-se de proteger a maior riqueza de uma planta, a semente, guardando-a em seu interior. Homens e animais que se alimentam dele, transportam sementes para outros locais, ampliando a proliferação das espécies.

Sementes 

Possuem reservas de alimento, para possibilitar que a planta germine e cresça até ter folhas e poder realizar a fotossíntese. Para brotar, algumas dividem-se em duas, como o feijão e a soja, outras se mantém inteiras, como o milho e o arroz. Sua função é de preservar a espécie, através da multiplicação seminal. Ligadas entre si, todas as partes da planta trabalham em um sincronismo perfeito. Assim, procure tratá-las com o devido cuidado, garantindo a vitalidade e o bom desenvolvimento de sua planta.
planta

4 comentários:

  1. qual orgão é responsavel pela geração de decendentes??

    ResponderExcluir
  2. Oie.
    Tudo bem ?
    obrigada, me ajudou muito em um trabalho =)
    Participa do meu blog por favor.

    ResponderExcluir